sábado, 26 de dezembro de 2015

Filmes preferidos em 2015

Já que fiz uma lista dos meus CDs porque não uma dos meus filmes preferidos lançados em 2015?


5. Perdido em Marte

No final de 2014 comprei o livro Perdido em Marte por causa de sua belíssima capa (e do assunto). E, para minha surpresa, este se tornou um dos meus livros preferidos da vida. Bem humorado, bem escrito e calcado em ciência real, este "naufrago em Marte" me conquistou a partir da primeira página.
Eu estava meio ressabiado sobre o filme, uma vez que seu diretor, Ridley Scott, não vinha de uma boa sequência (Prometheus, argh!), mas novamente foi surpreendido. O filme captura bem a essência da história e é uma excelente transposição de mídia. 

4. Star Wars - Force Awakens

Depois das porcarias de filme que foram os da segunda trilogia, a principal preocupação da Disney e de J.J. Abrams com certeza era devolver às pessoas o amor à franquia. E fizeram isso de forma curiosa, através de uma continuação meio remake. 

Spoilers abaixo.

O Despertar da Força é o Nova Esperança retrabalhado, contendo trechos dos episódios V, VI... e até do III. Ou seja, basicamente é um Star Wars Greatest Hits. Entretanto, J.J. e sua equipe conseguiram um resultado incrível, transformando essa colagem de situações passadas em algo novo, divertido e apaixonante.
O principal trunfo do filme foram, sem dúvida, seus personagens. Todos foram tão bem escritos e interpretados que acho até difícil apontar destaques, mas gostaria de falar um pouco sobre o Kylo Ren. Sabendo que era impossível criar um vilão mais icônico do que Darth Vader, os produtores seguiram um caminho interessante, o de mostrar um vilão em formação, imperfeito. Kylo tenta se parecer com Vader, mas ainda é imaturo e ansioso, como Anakin era no passado. Ao contrário de Vader que só tem sua máscara removida ao fim do VI, quando tem sua humanidade restaurada, Kylo que ainda não foi totalmente dominado pelo lado negro, aparece em muitos momentos sem máscara. E sua cena de entrega final ao lado negro não poderia ser melhor. Impactante, bem escrita e dirigida, remete à vários momentos da saga ao mesmo tempo: Vader matando Obi Wan, sua figura paterna, no IV; Luke contra Vader no V; e Luke contra Vader no VI, quando, ao contrário de Kylo, Luke não mata seu pai e se torna um jedi. Além do mais, de que outra forma os produtores fariam os espectadores odiarem e temerem um vilão a não ser fazendo ele matar um dos personagens mais amados da franquia? Sem dúvida a melhor decisão do filme.
Além disso, o humor e a aventura foram na medida certa. O tom do filme não poderia ser melhor e remete justamente aos clássicos. 
Infelizmente, o roteiro tomou uns atalhos desnecessários. O mais óbvio é a Estrela da Morte 3, ou Base Starkiller. Ok, entendo a necessidade de mostrar a Primeira Ordem como algo a se temer tanto quanto o Império e retornar o Status Quo da história a mais ou menos como estava no IV... mas não dava pra ser um pouquinho mais criativo? E poxa, serio que tão rápido descobriram como destruir a base? E tinha que ser DE NOVO da mesma forma? Esse detalhe me incomodou demais.
Mas enfim, O Despertar da Força tem muitos problemas de roteiro, mas possuí personagens tão fortes e cenas tão divertidas, que já nasceu um novo filme clássico da saga.

3. Creed


Assisti em 2016, mas como o filme é de 2015, resolvi incluir na lista. Creed é para mim a melhor continuação de Rocky - Um lutador. E isso, em uma série com excelentes sequências - basicamente todas, com exceção do quinto filme - não é pouca coisa.

2. Ex Machina

Uma das melhores ficções científicas que vi em muito tempo. Inteligente e muito bem escrito, esse é para mim um dos grandes filmes sobre inteligência artificial já feitos. 
Além do texto incrivelmente profundo, todos os aspectos do filme são impecáveis. Direção, direção de arte, efeitos especiais, atuação, trilha sonora... tudo funciona absolutamente bem. Um pequeno filme perfeito.


1. Mad Max - Fury Road

E será que tem alguém no mundo que não amou esse filme?
Sempre achei que seria um bom filme, nunca imaginaria que seria tanto! Fury Road não só retomou uma franquia como atropelou os filmes antigos e se tornou um marco para os filmes de ação.
Além da insanidade da ação, filmada em sua maioria com efeitos práticos e com uma fotografia sempre maravilhosa, Fury Road traz um roteiro enxuto, porém poderoso. Apesar de praticamente não ter diálogos o filme consegue contar uma história maior do que parece, a princípio. 
George Miller foi inteligente ao usar imagens, ao invés de palavras, para contar uma história sobre empoderamento feminino em meio à um filme de perseguição de carros, e criou tantos quadros belíssimos e icônicos que o filme é uma obra de arte dentro de um blockbuster.
Não tinha como ser diferente, Fury Road é de longe o meu filme preferido de 2015.

Outros destaques: Jogos Vorazes: A Esperança parte 2, Missão Impossível: Nação Secreta, Divertida Mente, What we do in the shadows, It Follows, Kingsman.

Melhores filmes de outros anos que assisti pela primeira vez em 2015: O Predestinado (2014), Coherence (2013).



quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

2015 não teve top 10

Não sei se já estou ficando velho rabugento, mas neste ano não teve nenhum álbum que eu realmente tenha amado. Não como em anos anteriores, pelo menos. Claro que curti muitas músicas novas, mas não teve nenhum CD que tenha de fato explodido minha cabeça.
Enfim, abaixo vai meu TOP 5 (sem ordem) dos CDs lançados em 2015.

 Ghost - Meliora

O problema aqui foi o alto nível que me acostumei com os álbuns anteriores do Ghost.
Meliora tem algumas músicas excelentes como  From the Pinnacle to the Pit e Deus in Absentia, mas pela primeira vez na carreira dos caras achei que algumas faixas estão lá só para encher linguiça.
Não que eu chegue a pular alguma, mas não dá para afirmar que este CD seja tão consistente quanto o Opus Eponymous ou o Infestissumam.
Porém, se na comparação consigo mesmo o Ghost fique abaixo do esperado, quando comparado com CDs de outras bandas, Meliora merece ter destaque.
 Graveyard - Innocence & Decadence

Passei mais de um mês odiando este álbum. Depois, ao ler inúmeras resenhas entusiasmadas sobre ele, resolvi dar mais uma chance.
Descobri que não era o CD todo que eu odiava, apenas suas quatro horríveis baladas. Como elas estão espalhadas pelo trabalho, acabavam comprometendo toda a minha avaliação sobre ele.
Ao eliminar essas faixas da minha playlist descobri que Innocence & Decadence é mais um excelente registro do Graveyard, que para mim é, de certa forma, o novo Motorhead (não estou dizendo que o som das bandas seja parecido, mas sim sua pegada e amor pelo rock'n'roll mais visceral).
 Marilyn Manson - The Pale Emperor

Maior surpresa da lista. Depois de 3 ou 4 álbuns horrorosos eu não esperava mais nada do Antichrist Superstar e acabei ouvindo este cd mais por inércia mesmo.
E não é que ele é bem legal? Claro, muito distante da "trilogia" Antichrist, Mechanical e Holy Wood, mas The Pale Emperor é um cd bem divertido, com ótimos momentos como "Third Day of a Seven Day Binge", "The Devil Beneath My Feet" e principalmente "The Mephistopheles of Los Angeles", provavelmente a música que mais ouvi este ano.

Puscifer - Money $hot

Outro álbum que nas duas ou três primeiras vezes que ouvi achei ruim. Só que quando percebi já estava ouvindo sem parar havia semanas.
Fora Simultaneous, que é insuportável, a grande característica de Money $hot é a homogeneidade da qualidade de suas músicas. Não há nenhum destaque, porém o nível é mantido sempre alto em todas as composições (com a exceção já citada).
A pegada do CD lembra bastante o do anterior, Conditions of my Parole, de 2011, porém faltou um certo "quê" que dava um charme especial para aquele trabalho.


Baroness - Purple

Não sei porquê acontece, mas o fato é que sempre que escuto um novo álbum do Baroness, minha primeira reação é odiar.
Com Purple não foi diferente, mas na terceira ou quarta audição já me tornei fã do trabalho.
Não achei nem de perto um álbum forte como os dois anteriores, mas Purple carrega todo aquele peso e melodia característicos da banda.
Assim como o Ghost, o problema do Baroness foi o patamar elevado alcançado anteriormente.
A banda vinha em um crescente desde Red e me pareceu que pela primeira vez não conseguiu se superar.
Ainda assim, o álbum é Baroness puro. E só por isso merece destaque dentre os lançamentos do ano. De todos os álbuns que comentei aqui, acredito que esse é o que tem maior probabilidade de "crescer" com o tempo.





Outros álbuns que curti em 2015: Skills in Pills (Lindemann), Dodge and Burn (Dead Weather), Hoffnung (Lacrimosa), Zipper Down (Eagles of Death Metal).

Quais foram os seus CDs preferidos de 2015?

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Star Wars: I, II e III - Remake

(atualizado em 04/04/2017)

Em um post anterior eu desabafei. Disse todo o porquê de eu ter tanto desprezo pela segunda trilogia de Star Wars. Agora chego ao fundo do poço da nerdice: vou postar aqui uma fanfic.
Quero dizer, mais ou menos. Não sei escrever histórias. Nunca saberia descrever um cenário, explicar a ação ou montar um diálogo, então o que vão encontrar a seguir não é uma história propriamente dita, é mais um esqueleto de roteiro, algo que imaginei para a origem do Império e de Darth Vader.

Enfim, aqui está o argumento que, estivesse eu no lugar de George Lucas no fim dos anos 90, entregaria para meus roteiristas e diretores e diria “desenvolvam esses filmes”.
Para construir minha história me guiei por pistas e perguntas sobre o passado deixadas pela trilogia original, tais como:

-Anakin era grande piloto quando Obi Wan o conheceu.
-Anakin era jedi antes de se tornar Darth Vader. Como passou para lado negro?
-Houve grande guerra chamada Guerras Clônicas (na qual, segundo Obi Wan, o tio de Luke, Owen Lars, não quis lutar).
-O quê aconteceu com os clones depois da guerra?
-Por que no Império só há humanos?
-Como (ou por que) Luke e Leia foram separados?
-Como Palpatine se tornou Imperador (e quem ele é)?
-Como Yoda ficou isolado em Dagobah?
-Leia se lembra de sua mãe.


Antes de qualquer coisa, vamos a alguns personagens da história (imagens ilustrando como mais ou menos os imagino):
Obi Wan Kenobi, Anakin Skywalker, Padmé Amidala, Bail Organa
Obi Wan Kenobi: Personagem principal da trilogia, com mais tempo de tela que os demais. Os filmes mostrariam sua evolução de cavaleiro jedi inexperiente e impaciente, como diz Yoda no Episódio V, para o grande mestre que conhecemos nos filmes originais. Ewan McGregor foi um dos poucos acertos de Lucas nas prequels e gosto de imagina-lo no papel. Gosto também da personalidade divertida do personagem mostrada melhor na série animada Clone Wars.

Anakin Skywalker: Nada da personalidade irritante e atitude de menino mimado vistas nos filmes de Lucas. Anakin deveria ser sério, introspectivo, sem muito senso de humor, porém sempre dando respostas sarcásticas e agindo como anti-herói desde o começo. Penso nele como um Mad Max espacial.
No primeiro filme o personagem deveria ter mais ou menos a mesma idade que Luke tinha no Uma Nova Esperança e seria, como já disse tio Owen no Episódio IV "um piloto de nave cargueira".
Um ator mais à altura do personagem teria feito toda a diferença. Em 1999 Heath Ledger tinha a idade certa para o papel.

Padmé Amidala: Humana, natural de Aldeeran, mais ou menos da mesma idade que Anakin. Podia ter sido a Natalie Portman, mesmo. Só não precisava daqueles figurinos ridículos que pareciam feitos pelo Joãozinho 30 (só gosto deste figurino da imagem acima)
No primeiro filme seria uma soldada da guarda de Bail Organa, no segundo já seria Capitã. Mais do que apenas servir de interesse para Anakin, Padmé seria uma personagem forte, excelente soldado e extremamente corajosa, participaria ativamente da ação nos dois primeiros episódios e um pouco menos no terceiro.

Bail Organa: Nada a ver com o personagem dos filmes de Lucas. Humano, Vice-Rei de Alderaan, uns 30 e poucos anos, gênio científico. Forma espécie de triângulo amoroso com Padmé e Anakin. Penso no Batman The Dark Knight (Bruce – Rachel – Harvey) como inspiração para a relação entre esses personagens.
Shimi Skywalker, D0-G, Watto, Mace Windu
Shimi Skywalker: irmã de criação e melhor amiga de Anakin.

D0-G: Droid de batalha de Bail. Seria o necessário alívio cômico dos filmes, com uma personalidade exageradamente agressiva e mal humorada. Mais ou menos como o Strax de Doctor Who.

Watto: Principal mafioso de Tatooine no primeiro filme.

Mace Windu:
Violento guerreiro líder dos Insurgentes em Geonosis no Episódio II. Nesta minha versão Mace Windu não é um jedi.

Palpatine, Conde Dooku, Assajj Ventress, Clonetrooper

Palpatine: Palpatine descobriu-se poderoso na Força desde muito cedo. Ele passou décadas procurando antigos templos Sith, estudando por conta as antigas artes das trevas. Sua história é revelada no Episódio II.

Conde Dooku: Filho do soberano do Sistema Mustafar, Dooku sempre foi poderoso na Força e se tornou um grande jedi. Mais tarde se virou para o lado negro, abandonando a Ordem e reclamando o comando de seu planeta natal onde prepara sua investida pelo domínio da Galáxia.
Dooku, procurando por aprendizes, acaba descobrindo uma antiga máquina clonadora dos Sith. O conde prepara então um numeroso exército de soldados clones.

Assajj Ventress: Assassina sith aprendiz de Palpatine.

Clonetroopers: Soldados clones criados por Conde Dooku. Visual parecido com o de Jango Fett, apenas sem os jetpacks. Usando antiga tecnologia Sith, os clones são criados à partir do mercenário Capitão Grievous. Eles "nascem" adultos, já com todo treinamento e memórias do original e vivem por volta de 1 ano. Suas ordens e diretrizes vem diretamente da máquina clonadora.
Fiz questão de colocar os clones do lado de Palpatine porque sempre me pareceu bem errado que os heróis (República e Jedi) concordassem com a clonagem de seres orgânicos e sencientes para lutar suas batalhas, já que, segundo o que vemos nos filmes e na série Clone Wars, os clones eram basicamente escravos-soldados da República.

Grand Moff Tarkin:
Genial militar antes ligado à República, Tarkin é racista contra espécies não-humanas e sonha com uma Galáxia dominada apenas por humanos. O Moff organiza exército de simpatizantes à causa de Dooku, formando a Confederação Galáctica.

Yoda, Nute Gunrey, Mon Mothma, Boba Fett
Yoda: Líder do conselho Jedi em Naboo. Nunca vemos Yoda usando sabre de luz e pulando como uma bola de ping pong. O mestre, numa altura dessas, já deveria ter muito conhecimento da Força e só usaria esses poderes (seria, mais ou menos, como o Professor Xavier em suas cenas de ação).

Tirei o templo jedi de Corruscant porque acredito que não combina uma ordem de monges/samurais terem sua central em um lugar tão agitado quando a capital da república.
Penso na Ordem Jedi como uma mistura entre religião e MI6 da galáxia. Os cavaleiros jedi não seriam os generais militares vistos nos filmes de Lucas mas sim agentes especiais, os 007 do espaço.
A quantidade de cavaleiros jedi seria pequena, menos de 100 (com cerca de 9 em seu Conselho), e eles seriam praticamente desconhecidos pela população da galáxia.
Sobre o visual deles: acho bem mais interessante os jedi usando armaduras inspiradas em samurais (como vemos na série Clone Wars) do que quimonos. Também não vejo porque não carregarem blasters além dos sabres de luz, assim como Luke fazia nos filmes antigos.

Chanceler Nute Gunrey:
Principal líder político da República

Mon Mothma:
Pilota líder do esquadrão de naves de Corruscant.

Boba Fett: Piloto de carga. Deseja provar seu valor e entrar para a máfia de Jabba. No começo do Episódio I não teria sua armadura característica, apenas o jetpack. Teria chamado David Oyelowo para o papel.

Fiz tudo isso só para mim, apenas por diversão, mas se você estiver aí lendo, espero que goste. Antes da história algumas considerações:
-George Lucas deveria apenas ter produzido, entregando a direção (minha escolha seria George Miller) e os roteiros para gente mais competente.
-Menos CGI nos filmes! Imagine mais cenários reais, alienígenas e criaturas feitas com próteses e maquiagens. Basicamente como o Force Awakens foi feito.
-Os filmes deveriam ser mais ágeis e divertidos, como eram os mais antigos. Star Wars é aventura. Todas as partes políticas, necessárias para mover a história, deveriam aparecer como cenas rápidas ou mesmo ser apenas citadas, como, por exemplo, Tarkin apenas cita a dissolução do senado no Episódio IV.
-Nos “roteiros” a seguir o que aparece entre aspas logo abaixo dos títulos seria a parte da história contada nos letreiros no começo dos filmes.
- Escrevi esta história do zero, então não se espante que alguns conceitos, lugares e personagens aparecem  completamente diferentes do que você está acostumado (por exemplo, os jedi podem ter filhos, Sith não precisam ser só dois...)

E finalmente...

"Há muito tempo, em uma galáxia muito, muito distante..."

Episode I - An Old Menace


"Conde Dooku, líder do Sistema Mustafar, cria secretamente imenso exército de soldados clones e dá início ao seu plano de conquista da galáxia.
Seu primeiro ataque é no Sistema Utapau, onde acontecia reunião comercial de vários líderes de planetas daquela região.
O Vice-Rei de Alderaan Bail Organa é o único dos líderes que consegue fugir, graças aos esforços do Jedi Obi Wan Kenobi, que estava cuidando da segurança da reunião, mas sua nave é perseguida e alcançada pelas forças de Dooku próximo ao planeta Tatooine"
Nave de Comando e Fighters de Conde Dooku

1 - Nave de Bail Organa, vice-rei de Aldeeran, é perseguida por naves do Conde Dooku.
- As naves de Dooku são comandadas pela Sith Assajj Ventress
- Avariada, a nave de Bail cai em deserto do Planeta Tatooine
- Batalhão de clonetroopers invade a nave, matando vários dos soldados de Aldeeran
- Vencem os clones e escapam da invasão apenas Bail Organa, a soldado da guarda Padmé Amidala, o Droid de batalha D-0G e o Jedi Obi Wan Kenobi


2 - Em outro ponto do planeta, na cidade de Mos Eisley, a nave Nightmare pousa
- A Nightmare é um cargueiro tripulado pelos pilotos Boba Fett e Anakin Skywalker
- Ao descer da nave, eles se encontram com seu chefe Sebulba
- Os pilotos trazem na nave um container com um Rancor vivo, que transferem para um Speeder de carga
- Os pilotos levam o Rancor para o mafioso Jabba the Hutt

3 - Bail, Padmé, Kenobi e D-0G andam pelo deserto, tentando encontrar alguma cidade ou povoado.
- São cercados e aprisionados por capangas do maior mafioso do planeta, Watto.
- Na fortaleza de Watto conhecem Shimi Skywalker e sua grande amiga Beru Whitesun, escravas do mafioso há alguns anos.

4 - Anakin e Boba se encontram com Jabba
- Boba, cansado de ser apenas um piloto de carga, quer impressionar o vilão para entrar para máfia. 
- Anakin quer apenas resgatar sua irmã, escrava do mafioso rival Watto.
- Para atingir seus objetivos, os pilotos armam um plano para ajudar o Hutt derrotar seu inimigo utilizando a encomenda que Watto havia feito a eles, o Rancor vivo. O Hutt aceita o plano.

5 - Shimi conversa com Padmé e Obi Wan
- Ela conta para Padmé que quando criança estava em uma nave de passageiros que caiu no planeta.
- Somente ela e um garoto da mesma idade (ambos com uns 2 ou 3 anos de idade) sobreviveram. Por terem caído do céu foram chamados Skywalker e criados como irmãos em uma vila local.
- Por volta de uns 12 anos mais tarde, a vila foi saqueada pelos capangas de Watto. Shimi ajudou Anakin a escapar, ficando para trás e sendo capturada como escrava.

Nave de Bail, Slave I, Fighters de Coruscant, Nightmare, Speeder de Carga




























                    6 - Na nave de comando dos vilões, Assajj Ventress recebe holograma de Dooku
- Ela é mandada pessoalmente para Tatooine para capturar Bail Organa. 
- A Sith desce com um grupo de Clonetroopers em sua nave Slave I.
- Dooku pretende capturar o vice-rei para forçar uma rendição do planeta Aldeeran.
Fan Service: C-3PO aparece como droid de protocolo do Conde Dooku.

7 - Anakin e Boba Fett entram na fortaleza de Watto
- Eles trazem o Rancor em seu speeder de carga
- Ao invés de colocarem o monstro na jaula, os pilotos o soltam, causando confusão no palácio.
- Boba Fett aproveita a confusão para abrir os portões do palácio.
- Capangas de Jabba (dentre eles Greedo) entram.
- Boba Fett vai para sala do trono enquanto Anakin se dirige para onde estão os escravos
- Depois que o Rancor come Watto, Boba Fett abre a comporta para que o monstro caia no porão.
-  Anakin liberta os escravos. Boba Fett mata capanga de Watto e fica com seu jetpack.
- Obi Wan recupera seu lightsaber
- Anakin foge juntamente com sua irmã Shimi, Beru, Obi Wan, Bail, Padmé e D-0G em seu speeder de carga.
- Anakin grita para Boba Fett se juntar ao grupo, mas ele prefere ficar com os capangas para receber Jabba.

8 - Jabba toma o palácio e se torna principal mafioso de Tatooine. 
- O Hutt descobre sobre Bail estar entre os escravos fugidos e dá a Boba sua primeira missão, ir atrás do grupo com alguns outros capangas e recuperar o Vice-Rei.
- Jabba pretende pedir uma grande recompensa por ele.

9 - Grupo de Anakin se depara com Assajj Ventress e seus soldados no deserto.
- Lutam em cena de ação no estilo Mad Max
- Conseguem escapar com a ajuda do fazendeiro de umidade Owen Lars e sua família (pais e irmãos), que ao verem a confusão ajudam os heróis de longe disparando seus blasters nos vilões. 

10- Enquanto isso, em Coruscant, planeta capital da República Galáctica
- A capitã da guarda daquele planeta Mon Mothma conta para Chanceler Nute Gunrey sobre o sumiço dos líderes da reunião em Utapau. 
- O Chanceler diz para ela levar sua esquadra de naves de ataque para a região para investigar o que aconteceu.

11 - Grupo de Obi Wan passa a noite na fazenda de Lars. 
- Surge triângulo amoroso entre Bail - Padmé - Anakin. 
- Owen e Beru se interessam um pelo outro.  
- Kenobi e Anakin começam amizade. O jedi conta para o Skywalker sobre a Força e os Jedi. Anakin questiona Kenobi. Ele não entende como com tanto poder na galáxia ainda exista tanta injustiça como a que ele presencia diariamente em Tatooine.
- Kenobi diz que a Ordem Jedi ensina o autocontrole, que violência e vingança podem levar ao caminho do lado negro. "Seres poderosos na Força que não seguem o caminho dos jedi podem se iludir com o poder e usa-los apenas para seu próprio bem, se tornando opressores para outros, são chamados de Sith."

12 - Obi Wan e os demais vão para cidade de Mois Eisley
- Eles pretendem chegar a nave Nightmare e sair de Tatooine.
- Beru, ferida, fica na fazenda com Owen, que não quer mais se envolver nos problemas dos heróis.
Tusken raiders, Rancor, dragão Krayt vivo e morto.



 - No caminho são atacados primeiro por um grupo de Tusken Raiders, que logo fogem ao ouvir um dragão Krayt gigante.
- Depois são obrigados a enfrentar o próprio monstro.
- Os heróis vencem o monstro, mas perdem o Speeder de carga.
Fan Service: É assim que Obi Wan aprende o grito do dragão, que usa para afugentar os Tusken Raiders no episódio IV. O esqueleto visto por C-3PO no episódio IV pertence à esse mesmo dragão.

13 - Em Mois Eisley os heróis  negociam com Sebulba o uso da Nightmare 
- Eles são atacados e cercados pelo grupo liderado por Boba Fett.
- Durante a tensão, Assajj e seus clones chegam à cena para sequestrar Bail.
- Assajj mata Sebulba.
- Obi Wan, Anakin, Shimi, Padmé e D0-G ficam cercados por Clonetroopers.
- Boba e os capangas, tb ameaçados por Assajj, acabam se juntando ao grupo dos heróis contra a Sith e os soldados clones.

14 - Enquanto isso, na órbita de Tatooine
- Naves da República, lideradas pela piloto Mon Mothma, chegam e começam batalha contra naves de Mustafar.

15 - Boba Fett entra sorrateiramente na nave Slave I
- O caçador de recompensas mata alguns clonetroopers, toma controle da nave e dispara contra Assajj e clonetroopers que cercavam Anakin e os outros.
Assajj captura Bail. Usando a Força ela leva um desacordado Bail flutuando atrás de si
- Assajj rouba uma nave do pátio de Sebulba e parte para o espaço com Bail.
- Obi Wan, Anakin e os outros vencem alguns outros clonetroopers, chegam à Nightmare e seguem Assajj. 
- Anakin se despede de Boba Fett o chamando, pela primeira vez, de "bounty hunter" ao invés de dizer seu nome.
Fan Service: Boba Fett fica com a Slave I para si. Nela há um uniforme de clonetrooper que ele passa a usar daqui em diante.

16 - Graças a perícia de Anakin como piloto, os heróis conseguem se infiltrar na nave mãe de Dooku, onde já se encontra Assajj.
 - Obi Wan e Assajj se enfrentam enquanto Anakin e os outros vão resgatar Bail. 
Obi Wan vs Assajj




















 
         - Assajj desarma Obi Wan e quando está para matá-lo Anakin usa a Força para empurrá-la. É a primeira vez que ele usa seus poderes. Tanto ele quanto todos os demais personagens ficam surpresos.
 - Heróis fogem da Nave de Comando na Nightmare. Exército da República derrota forças de Dooku. Vilões fogem.

EPÍLOGO:

- Enquanto Beru prafere ficar na fazenda com Owen, os Skywalker vão para Aldeeran. Shimi entra na guarda sob treinamento de Padmé (agora promovida à capitã) e Anakin se torna padawan de Obi Wan, ansioso para aprender a usar seus novos poderes e ajudar a Galáxia.
 - Obi Wan conversa com Yoda por holograma. Diz ter encontrado uma Sith. Yoda conta origem de Dooku:
          - Dooku havia sido grande jedi décadas atrás. 
          - Seus filhos foram presos pela República por serem Senhores do Crime
         - Mais tarde eles foram mortos na prisão e Dooku abandonou a Ordem, retomando sua condição de líder em seu planeta e se mantendo exilado desde então.
-Yoda diz que o ataque à República mostrava que Dooku não havia apenas deixado de ser jedi, ele também havia cedido ao lado negro
 - Em Corruscant, depois de ouvir relatos de capitã Mon Mothma, Chanceler Nute Gunrey declara início da Guerra dos Clones contra forças de Dooku, além do início da construção da grande armada da República (Star Destroyers e Tie-Fighters).



Episode II: Dark Side Ascending


"A Guerra dos Clones já dura três anos. A Confederação Galáctica, uma união de vários sistemas liderados pelo Grand Moff Tarkin, declararou apoio à Dooku, fortalecendo seu lado na Guerra.
Enquanto isso, Anakin Skywalker vai para Naboo para realizar seus testes e se tornar Cavaleiro Jedi"

Visões de Anakin

1 - Nave chega à Naboo
- Bail Organa, Padmé Amidala, Shimi Skywalker e D-0G chegam ao planeta Naboo, onde se encontra o templo do Conselho Jedi.

2 - Anakin faz testes finais no templo jedi em Naboo.
- Nos testes realidade e fantasia se misturam. Anakin vê passado e futuro acontecerem.
Shimi e os demais aparecem no teste, de forma que o espectador, assim como o próprio Anakin, não sabe se são realmente eles ou apenas fantasia, assim como quando Luke enfrenta Darth Vader na caverna no episódio V. O padawan sente amigos terem vida ameaçada, mas escolhe suas ações sabiamente.
- Ao fim dos testes Anakin consegue uma gema de cristal Kyber.
 - O padawan é recebido por Yoda, demais jedi do conselho e seu mestre Obi Wan.
- Ele monta seu lightsaber usando a Força e o cristal kyber (como na figura ao lado), sagrando-se cavaleiro jedi.
- Montar um lightsaber, diz Yoda, é a última prova para se tornar um cavaleiro jedi. Só alguém com habilidades plenamente desenvolvidas na Força consegue produzir a arma.
- Yoda comenta com Kenobi que o Skywalker tem uma presença da Força incomum, tendo tudo para se tornar o mais poderoso cavaleiro jedi de todos. 

3 - Bail Organa, Padmé, Shimi e D0-G se reúnem com Conselho Jedi.
- Bail conta que golpe militar tomou o governo do sistema Geonosis
- Seu novo líder, Palpatine, pretende juntar suas forças ao exército de Dooku.
- Bail diz que República não pode interferir diretamente neste tipo de questão planetária e pede para que Conselho mande alguns jedi para ajudar uma insurgência local restaurar antigo governo.
- Bail diz que com os reforços que Dooku tem recebido da Confederação Galáctica comandada pelo Grand Moff Tarkin, a República fica preocupada em perder também o estratégico Sistema Geonosis.
-  Os Jedi são guardiões da paz, não guerreiros. Eles não tem se envolvido diretamente na Guerra, com exceção de quando ajudam povos e planetas atacados (Os Jedi participam apenas da defesa de planetas, não de ataque). - Conselho Jedi decide ajudar Bail.
- Anakin percebe flerte entre Bail e Padmé e fica enciumado

4 - Obi Wan, Anakin, Padmé, Shimi e D-0G seguem disfarçados para Geonosis na antiga nave de carga de Anakin, a Nightmare.
- O cargueiro do grupo é atacado por naves de Palpatine assim que chega à orbita de Geonosis
- Os heróis conseguem vence-las e chegar até à base rebelde, mas a nave é muito avariada e acaba explodindo.
- Eles se encontram com o violento líder insurgente Mace Windu.
- Insurgentes planejam entrar na capital para prender Palpatine e libertar o antigo líder Qui Gon Jinn. Para isso, a primeira missão será roubar novas armas (disparadores de explosivos térmicos, capazes de destruir os AT-STs de Palpatine) em carregamento que está chegando ao planeta.
AT-ST
-Anakin acredita que métodos e planos de Mace são questionáveis e que ele e Obi Wan deviam liderar insurgentes, mas o mestre diz que não podem simplesmente fazer isso, devem seguir ordens e regulamentos.

5 - Insurgentes atacam nave de mercenários que traziam o carregamento de armas
- Insurgentes tomam a nave
- Mace mata dois mercenários, um homem e uma mulher, que já se encontravam rendidos.
- Os insurgentes vêem que reforços de Palpatine estão chegando e bolam plano: infiltrar Anakin e Padmé na fortaleza de Palpatine fazendo os dois se passarem pelos mercenários mortos.
- O nome do mercenário que Anakin passa a usar é Vader e a de Padmé é Aayala.
- Anakin fica preocupado com sua irmã Shimi, mas Obi Wan promete que vai cuidar dela.
- Anakin esconde seu lightsaber na armadura do mercenário.
- Obi Wan e os demais fogem com os disparadores de explosivos térmicos.

6 - Anakin e Padmé são levados ao palácio.
- Anakin e Padmé conhecem Palpatine.
- Palpatine conta para Anakin e Padmé que além da ameaça dos insurgentes, existem conspiradores em seu próprio exército que pretendem derrubá-lo para tomar seu lugar.
- O líder diz que a compra das armas foi só um jeito de entrar em contato com os dois mercenários. Ele dá missão para o casal encontrar seus opositores. Ambos aceitam, a fim de tornar seu disfarce mais crível e conseguirem mais confiança dele, além de acharem que os desertores representam perigo às pessoas da capital.
- Anakin conversa com Obi Wan através de holograma. Seu antigo mestre diz para ele ficar próximo à Palpatine para tentar descobrir algo que os leve à Dooku.

7 - Mace quer bombardear capital com armas roubadas
- Kenobi diz que isso vai causar muita morte inocente
- O Jedi dá plano alternativo: cortar energia da fortaleza para que escudo caia e consigam entrar.
- Mace diz que a usina de energia é fortemente guardada e dúvida que Obi Wan consiga entrar lá, mas deixa o jedi fazer uma tentativa

8 - Em Mustafar
- Dooku está reunido com Tarkin, discutindo rumos da guerra. Tarkin quer que Dooku não aceite alienígenas do seu lado da guerra, mas o Conde rechaça a ideia. Ele quer dominar a galáxia, mas não está interessado em segregação.
- Através de holograma de Palpatine, Dooku descobre que insurgentes roubaram armas e manda Assajj Ventress para ajudar seu aliado em Geonosis.
Fan Service: C3PO aparece na cena

9 - Durante todo o segundo ato do filme cenas de aventura de Kenobi e seu grupo pelos subterrâneos e usina de energia se intercalam com cenas de Anakin e Padmé na capital.
-A relação entre Anakin e Padmé se desenvolve
-Anakin e Palpatine começam a ter admiração um pelo outro.
 - Obi Wan, Shimi e D0-G entram em subterrâneos para chegar em usina de energia, que é fortemente guardada. Usam Speeder Bikes. Enfrentam droids, seguranças e armadilhas. Durante as cenas de ação o jedi usa toda a gama de seus poderes (Force Push, Corridas, Saltos, Telecinese...)
- Anakin e Padmé investigam e perseguem conspiradores pelo submundo da capital.
 - Assajj chega ao planeta. Mata vários insurgentes de sua nave. Desce e captura um. Usando a Força lê a mente dele e descobre que Obi Wan está no planeta, se dirigindo à usina de energia.
- Flertes entre Anakin e Padmé (que estava dividida entre Anakin e Bail) crescem e eles finalmente acabam ficando juntos.
- Anakin e Padmé enfrentam vários conspiradores e conseguem capturar um deles.
- Usando tortura (a mesma que Vader usa em Han Solo no Episódio V) Palpatine descobre que conspiradores pretendiam explodir torre principal do palácio.
- Anakin encontra os explosivos. "Vê Vader, o uso da violência fez com que salvássemos inúmeras vidas... incluindo a minha, a sua... e a de Aayala", diz Palpatine
- Palpatine diz que mais fortes devem cuidar de mais fracos. "Mais fracos as vezes não sabem o que querem, jovem Vader... burocracia, democracia... estas coisas apenas criam tensão... os conflitos e mortes só acontecem por causa desta pretensa liberdade. Nós temos que nos tornar cada vez mais fortes para trazer paz para a Galáxia... Dooku fez o correto buscando o poder do lado negro. Quando o lado negro dominar a galáxia, será o fim de toda a violência e injustiça. O controle dos Sith é mais eficaz do que a vigilância dos Jedi"
- Obi Wan encontra Assajj Ventress na usina de energia. Passam a se enfrentar.
- Anakin captura principal conspirador, General Syfo Vias. Ele pretendia derrubar Palpatine para controlar Geonosis e tornar o sistema independente, sem se aliar à República e nem à Confederação. O general pretendia eliminar todos os alienígenas para tornar Geonosis um planeta apenas de humanos. Palpatine o mata.
- Obi Wan derrota e mata Assajj, enquanto seu grupo consegue desligar energia do escudo da capital.


10 - Batalha na capital de Geonosis. 
- Forças Insurgentes entram na cidade.
- Forças de Palpatine usam AT-STs, insurgentes fazem emboscadas e usam seus lançadores de detonadores térmicos.
- Anakin, ao lado de Palpatine em sala de comando, assiste a batalha, com inúmeras explosões e mortes para ambos os lados. Ele vê cidadãos com quem tinha feito amizade nos dias anteriores morrerem
- Padmé vai abrir portões da fortaleza para insurgentes, enfrentando alguns soldados de Palpatine pelo caminho.
- Quando Anakin decide que é hora de prender Palpatine este se revela como Sith para ele.
- Anakin saca seu lightsaber, mas Palpatine usa o force lightning, o derrubando. O jedi é rendido por dois droids guardas.

11 - Palpatine conta sua origem para Anakin:
- Palpatine era natural de um dos mais afastados mundos da Orla Exterior.
- Desde cedo descobriu sua conexão com a Força, conseguindo mover pequenos objetos com sua mente.
- Os demais habitantes de seu vilarejo não conheciam a Força e por isso passaram à hostiliza-lo como se fosse um bruxo. Afetado por isso, seu pai passa a ser bastante agressivo com o jovem Palpatine.
- Mais tarde, um jedi chega à seu planeta atrás de piratas que se escondiam por lá. O jedi e Palpatine se encontram e assim ele acaba descobrindo sobre a Ordem Jedi e a natureza e o poder da Força.
- Palpatine quer acompanhar o jedi, mas seu pai diz que ele não pode ir. Eles haviam perdido muita coisa por causa da hostilidade dos outros habitantes da vila e ele precisava de Palpatine para trabalhar.
- Palpatine tenta se esconder na nave do jedi, mas este percebe. O jedi diz que não pode leva-lo sem consentimento de seu pai. Ele entrega para Palpatine um holocron para que este possa aprender mais sobre a Força enquanto não puder se juntar à Ordem. O jedi entrega Palpatine com seu pai e deixa o planeta.
- O pai de Palpatine fica furioso com a tentativa de fuga do filho e começa a espanca-lo. Palpatine sente ódio e acaba matando o pai usando a Força. Neste momento ele se sente mais poderoso do que nunca.
- Os outros moradores da vila o perseguem e tentam mata-lo, mas ele consegue roubar uma nave e fugir.
- Palpatine abre o holocron e descobre sobre os Sith. Sabendo que os jedi não o aceitariam agora que havia matado seu pai e fugido, e também culpando o jedi por te-lo deixado no planeta mesmo sabendo o que sofria, resolve procurar pela galáxia os antigos templos Sith para estudar por conta suas antigas artes.
- Palpatine passa assim décadas procurando por templos Sith.
(toda essa parte acima poderia aparecer como um flashback)

-O Sith diz para Anakin que não concordava com a guerra, tudo o que ele queria era paz e Ordem para a Galáxia.  Assim, quando ela começou, procurou o Conde Dooku como mestre, para poder aprender o lado Jedi da Força. Diz que só dominando a Força por completo poderia deter o poderoso ex jedi e acabar com ele e com todas as guerras da Galáxia de uma vez por todas.
-Dooku o aceitou como aprendiz prontamente. Conquistar Geonosis foi uma missão dada por ele. 
-Palpatine diz que culpa tanto Dooku quanto a República e os jedi pela guerra e problemas da Galáxia. Diz que com um aprendiz talentoso como Anakin poderia realizar seu plano de trazer a paz definitiva para a Galáxia.
-Anakin não aceita suas palavras. diz que os jedi vão devolver a paz à galáxia. Palpatine responde "E por que não o fizeram ainda? Por que os jedi tem tanto medo de sua própria força? Eles evitam participar da guerra e deixaram ela chegar à esse ponto! Os jedi são responsáveis por toda dor e sofrimento! Eles poderiam ter tomado controle da galáxia e ter trazido ordem séculos atrás!"


12 - Obi Wan, Shimi e D0-G chegam à Fortaleza de Palpatine.
 - Obi Wan, Shimi e D0-G enfrentam alguns soldados e acabam se separando.
- Shimi e D0-G encontram e se juntam ao grupo de Mace Windu, que tenta chegar à sala de comando de Palpatine.

13 - Mace Windu chega à sala de comando e quer matar Palpatine. 
- Palpatine e Anakin (levado pelos dois droids guardas) estão indo em direção à nave do vilão.
- Mace decide disparar detonador térmico nos dois antes que Palpatine escape.
- Vendo que Mace estava para disparar arma que poderia matar Anakin, Shimi tenta para-lo. Mace a empurra e ela cai do alto, morrendo.

14 - Enfurecido, Anakin destrói os droids guardas usando apenas a Força e pega seu lightsaber de volta. 
- Ele abre espaço por Insurgentes usando a Força para joga-los longe a fim de chegar à Mace.
- Obi Wan chega à sala neste momento.
- Obi Wan para Anakin, diz que vingança não é caminho jedi e Mace deve ser julgado.
- Palpatine usa o force lightning em Obi Wan que se fere, caindo longe.
- Anakin aproveita a situação e mata Mace.
- Anakin se vira e vai em direção dos demais insurgentes que se aproximam com armas apontadas para ele.
- Padmé, chegando agora à cena, atira em sua mão. Seu lightsaber cai. Ambos se encaram por um momento, ao longe.
- Palpatine grita para Anakin "Venha Anakin! Você viu como a raiva o deixou forte? Venha comigo, seja meu aprendiz e juntos conseguiremos acabar com essa guerra. Tanto Dooku quanto a corrupta República cairão e teremos paz e ordem na Galáxia!". Ambos entram na nave.
- Obi Wan pega lightsaber de Anakin do chão enquanto observa seu antigo padawan fugir em nave com Palpatine.

EPÍLOGO
Droid médico coloca mão biônica no Skywalker.
Insurgentes tomam fortaleza, libertam Qui Gon Jinn e festejam.
- Palpatine e Anakin chegam ao trono de Dooku em Mustafar.



Episode III: Revenge of the Sith

"Alguns meses após batalha de Geonosis a Guerra dos Clones está em momento crítico, com inúmeras vitórias do exército de Dooku.
Porém, a República tem uma nova esperança: sua Frota está quase pronta em base orbitando planeta Corellia. Enquanto isso, misterioso Sith segue para o Sistema Sullust"

 
Estaleiro orbital em Corellia

1 - Vader chega à Sistema Sullust
- Ele encontra e enfrenta mestre Kit Fisto, pertencente ao Conselho jedi
- Depois de mata-lo, Vader rouba nave e holocron do jedi para entrar no templo do conselho em Naboo.
- Por holograma, Palpatine diz que ele deve completar sua missão "apenas os jedi podem nos atrapalhar agora, aprendiz... acabe com eles."

2 - Em Alderaan, Bail se encontra com Kenobi.
- Ele pede para o jedi ajudá-lo a resgatar Padmé, que teve nave atacada em missão de reconhecimento e caiu em região dominada por Dooku.
-À principio Obi Wan diz que não pode, pois deverá ir para Naboo se encontrar com mestres, mas Bail conta que esta casado com Padmé e ela esta grávida.
Fan Service: Bail aparece construindo R2-D2 antes de Obi Wan se encontrar com ele.

3 - Chanceler Nute Gunrey, através de holograma, convida Yoda para ir à Corruscant para lançamento da poderosa nova frota da República, que finalmente ficou pronta. 
- O mestre deixa Naboo e segue para a capital galáctica

4 - Palpatine recebe Tarkin, líder dos exércitos da Confederação, em Mustafar.
- Palpatine diz que planos estão dando certo e que logo devem tomar o poder
- Para ter o apoio do Moff, racista contra alienígenas, Palpatine promete uma Galáxia dominada apenas por humanos.

5 - Obi Wan e Bail vão escondidos para planeta Kamino.
- Para entrar no planeta, Bail camufla nave em asteroide.
- O asteroide passa pelo bloqueio e cai no mar do planeta.
- Obi Wan não entende porque tantas naves da Confederação naquela região, uma vez que Kamino é um planeta inteiramente líquido e desabitado.

6 - Vader vai a templo jedi com nave de Kit Fisto.
- Usa holocron para abrir portas e acessar principal computador.
- Enfrenta alguns guardas jedi pelo caminho.
- O vilão chega ao computador central dos jedi. É lá onde estão muitas das informações militares da República.
- Ele troca códigos de acesso da base espacial onde estão Star Destroyers, inserindo dados de soldados da Confederação no lugar de dados dos soldados da República.
- Vader também coloca explosivos pela fundação do templo e trava todas as saídas.

7 - Em Kamino, nave com Obi Wan e Bail vai por baixo d'água  
- Encontram nave de Padmé avariada boiando.
- Dentro dela está D0-G. Ele diz que Padmé havia seguido pistas e descoberto que era em base subaquática no centro daquele planeta onde se encontrava máquina de clonagem de Dooku. Clonetroopers derrubaram a nave e levaram a Capitã para sua base.

8 - Conselho Jedi se encontra em reunião no templo. 
- Os explosivos de Vader detonam, acabando com o templo e matando todo o conselho, enquanto o vilão foge na nave de Kit Fisto.

9 - Obi Wan, Bail e D0-G vão em direção da base de Dooku, no centro do planeta líquido, com nave de Bail.
- Enfrentam alguns monstros e droids de defesa embaixo d'àgua

10 - Pela Galáxia
Usando códigos roubados por Vader, soldados da Confederação comandados pelo Grand Moff Tarkin se passam por soldados da República, entram em naves de transporte e vão para estação espacial em Corellia.

11 - Em Mustafar
- Vader se encontra com Palpatine e Tarkin.
- Palpatine parabeniza Vader, dizendo que a partir de agora ele é um mestre Sith, podendo usar o título Darth (Dark Lord of the Sith). "Agora é hora de acabar com a guerra de vez, aprendiz".
-Palpatine manda Vader para Kamino para matar Dooku e se tornar o senhor dos clones. Palpatine ainda diz: "Você vai encontrar uma surpresa em Kamino, Lord Vader... uma antiga amiga sua".

Frota da República
12 - Obi Wan e seu grupo conseguem entrar na base subaquática.
- Bail e D0-G vão atrás de Padmé
- Obi Wan busca a máquina de clones para destruí-la.

13 -  Soldados de Palpatine chegam à base em Corellia 
- Os soldados a tomam, matando alguns guardas.
- Colocam uniformes de Stormtroopers e entram nos Star Destroyers. 
- Palpatine e Tarkin chegam em Lambda Shuttle e se juntam a eles. 
- Naves seguem para Corruscant.

Super Fan Service: Alguns wookies trabalham na base quando os soldados chegam, Chewbacca (que sabemos entender de mecânica de naves) dentre eles. Chewie consegue escapar da invasão em um Scapepod, se lançando para Corellia. O Scapepod cai e começa pegar fogo. Chewie não vai conseguir se soltar sozinho antes do Scapepod explodir. Um garoto de uns 13-14 anos o ajuda a sair dos escombros, Han Solo.

14 - Em Kamino
- Bail enfrenta o clonetrooper original, Capitão Grievous
- Bail e D0-G libertam Padmé.
- Vader chega ao planeta e vai a sala de Dooku. Eles se enfrentam e Dooku é morto.
- Vader sente a presença de Obi Wan e procura pelo jedi.
- Obi Wan consegue chegar ao reator da base de clonagem e liga a autodestruição da máquina. Base começa a explodir.

15 - Políticos e soldados da República esperam Star Destroyers em Corruscant.
- Para surpresa de todos Palpatine e Tarkin descem com Stormtroopers, rendendo a todos.
- Pilotos e soldados de Corruscant são presos.
- Yoda consegue escapar.
- Tarkin mata Chanceler Nute Gunrey (disparando seu blaster enquanto diz "You alien scum!").

16 - Palpatine ocupa sala de Chanceler e se autoproclama Imperador Galático. 
- Ele declara fim da Guerra e manutenção do funcionamento do senado. Diz que vai acabar com a corrupção da antiga República. Grande parte dos senadores acaba o apoiando.
-Tarkin pergunta se ele está preocupado com Vader. 
-Palpatine responde que não. Ele mandou seu aprendiz enfrentar Dooku para que pelo menos um deles morra, não importando qual, pois apenas os dois juntos teriam forças para derrota-lo.
- Yoda consegue libertar um batalhão de soldados da República, dentre eles a capitã Mon Mothma.
- O mestre vai com eles até palácio tomado por Palpatine.

17 - Obi Wan e Vader se encontram.
- Kenobi argumenta com seu ex padawan.
- Vader avista Padmé e fica indeciso sobre o que fazer.
- Ele vê explosão alcança-la e pensa que está morta. O Sith abraça de vez o lado negro achando que Padmé morreu por causa da explosão causada por Kenobi.
- Obi Wan o chama de Anakin, mas ele rejeita este nome "Anakin não existe mais, meu nome é Darth Vader".
- Começam a se enfrentar.

Anakin/Darth Vader
18 - Yoda e Palpatine se enfrentam na sala do trono
- (usam apenas a Força, não lightsabers)
- Soldados da República, liderados por Mon Mothma, enfrentam Stormtroopers em hangar.
-Enquanto se enfrentam, Palpatine conta para Yoda que foi ele quem descobriu a máquina clonadora em antigo templo Sith e fez com que Dooku a encontrasse.
-Palpatine escondeu seu verdadeiro poder para se tornar aprendiz do Conde. Assim poderia aprender o Light Side da Força, além de conseguir manipula-lo mais facilmente.
-Ele aproveitou da instabilidade de Dooku, além de sua riqueza, para manipula-lo e começar a guerra.
- O Sith armou para que os filhos de Dooku fossem tomados por senhores do crime e mortos por agentes da lei da República, fazendo com que o antigo Jedi passasse para o lado negro.


19 - Bail e D0-G conseguem resgatar Padmé dos escombros da explosão
- Eles fogem em uma das naves de Dooku. C-3PO está dentro. O droid de protocolo se esconde.

20 - Mon Mothma e os outros conseguem tomar hangar com suas antigas naves.
- Palpatine vence Yoda.
- Quando está para matar o mestre, Mon Mothma surge em nave e dispara várias vezes no Imperador. Por conta de seu grande poder na Força ele sobrevive, mas ganha suas deformações.
- Yoda aproveita para fugir com a capitã e dá a ela a localização de antigo templo jedi no planeta  Yavin-4.
- O mestre diz que guardião do templo é seu amigo, o sacerdote da Força Jan Dodonna, e ele vai ajudá-los no que precisarem por lá.

21 - Obi Wan vence Vader
- Kenobi transpassa seu lightsaber pelo toráx de Vader, perfurando seu pulmão e ele cai no meio da explosão.
- Bail consegue localizar e buscar Obi Wan antes de irem embora da base (Obi Wan nunca vê C-3PO dentro da nave)

22 - Em Corruscant, soldados da República fogem em naves (Y-Wings e Naves de Transporte), sendo perseguidos por Star Destroyers.
- Yoda fica para trás em módulo de fuga.
- Usando a Força, o mestre joga asteroides nas naves inimigas que os perseguem. 
- Os soldados da República conseguem escapar, porém o módulo do jedi fica muito danificado e ele fica para trás.

23 - Base de clones está explodindo
- Alguns clones encontram Vader e o levam em tanque de bacta para Corruscant.

EPÍLOGO
- Padmé dá a luz em Aldeeran.
- Vader ganha partes mecânicas em Corruscant.
- Mon Mothma e os demais soldados chegam à Yavin 4 (se encontrando com Jan Dodona), dando início à Rebelião.
- Yoda pousa em Dagobah. O módulo fica totalmente danificado, deixando o mestre isolado e sem comunicação no planeta.
- C-3PO sai de seu esconderijo na nave. Ele e R2-D2 se conhecem em Aldeeran.
- Bail e Padmé contam para Kenobi que Luke e Leia são filhos de Anakin. Força muito forte em ambos, especialmente em Luke. Obi Wan  acha melhor esconde-lo ou Palpatine poderá encontra-lo.
- Leia fica com Bail e Padmé (que está muito ferida e tossindo).
- Obi Wan leva Luke para Beru e Owen em Tatooine.
- Darth Vader observa planos da Estrela da Morte com Palpatine e Tarkin.
- Beru e Owen seguram Luke ao nascer dos sóis de Tatooine. 



FIM
...

Algumas considerações finais:

- Acho que consegui amarrar as pontas deixadas na trilogia original respeitando toda a cronologia apresentada. A minha trilogia acaba mais ou menos do jeito que o Episódio IV começa: Palpatine, Vader e Tarkin são os grandes vilões, o Império comanda a galáxia, Obi Wan, Luke e seus tios estão em Tatooine, Leia em Aldeeran (e conheceu sua mãe), Yoda isolado em Dagobah... Fiquei particularmente feliz por conseguir encaixar Tarkin na história. Assim, retroativamente, sua morte no Episódio IV acaba tendo um peso ainda maior.

- Sei que não precisava enfiar Jabba e Boba Fett na história, mas são personagens tão legais que não resisti, hehe. Achei que suas "origens" ficaram até coerentes dentro do Episódio I e não um simples fan service. Também acho que não feriu o que se sabia sobre eles na trilogia clássica e "recheou" e deu um "quê" a mais no Episódio I. Além disso, seria interessante vermos o começo de um arco de personagens que só termina no Episódio VI, formando um ciclo completo entre as duas trilogias. O que você achou?

- Tentei manter os três filmes coesos e dar a devida importância às famosas Guerras Clônicas. Assim, elas começam no Episódio I e terminam ao fim do III, com a ascensão do Império e a destruição da máquina clonadora. Também achei importante dar uma certa "vitória" para os heróis no fim do III (fuga dos heróis, destruição da máquina clonadora e início da Rebelião).


[Nota 04/04/2017]: Comecei a pensar nessa história mais ou menos em março de 2015. Cheguei a publicar aqui uma versão bastante diferente desta que você acabou de ler em maio daquele ano. Não satisfeito com o resultado final, retirei aquela versão do ar, continuei pensando na história e publiquei a primeira versão desta aqui em agosto de 2015.
Mas ainda não estava 100% satisfeito. De vez em quando eu pensava em algum detalhe e o mudava. Hoje coloquei a última coisa que ainda não me agradava plenamente, a origem de Palpatine. Espero que finalmente não tenha mais vontade de mexer na história.
Entretanto, quero deixar um registro aqui: depois que assisti Rogue One em dezembro de 2016 notei semelhanças entre o meu Mace Windu e a batalha em Geonosis com Saw Guerrera e a cenas de ação em Jedha. Fiquei feliz em ver coisas que eu havia pensado para minha trilogia prelúdio fanfic nas telas de cinema em um prelúdio real, mas fica aqui como nota que não me inspirei naquele personagem e naquela cena, tanto o insurgente Mace Windu quanto o terceiro ato de meu "segundo filme" foram escritos bem antes de eu ter visto aquele (ótimo) filme.



E aí, curtiu? Odiou? Prefere a versão do George Lucas mesmo? Tem a sua própria versão? Diz aí nos coments.